Ubuntu para tablets é real e é bonito

Ubuntu para tablets
A Canonical acaba de apresentar algo que a gente já dava como certo, mas não era oficial: uma versão do Ubuntu produzida especialmente para tablets. Eis aí mais uma possibilidade de usar o Linux no seu dispositivo móvel favorito, dessa vez com todas as tecnologias que conhecemos do Ubuntu Phone acrescidas de algumas novidades específicas do uso de tablet.
A interface do Ubuntu para tablets continua consistente com a do sistema para computadores e o Ubuntu Phone. Da mesma forma, o gerenciador Unity continua lá para quem quiser usar – é uma das grandes apostas da Canonical. Assista no vídeo abaixo ao Mark Shuttleworth, fundador da companhia, apresentando alguns dos recursos do sistema.

Múltiplas contas

Pensado para situações em que seja interessante criar perfis diferentes para várias pessoas usarem o mesmo tablet com segurança, o Ubuntu para tablets permite não apenas criar perfis e protegê-los com senha, como também criptografar os dados dos usuários. Segundo a empresa, isso é ideal para uso em ambientes médicos, militares, industriais e financeiro.

Controle por voz

Já falamos sobre o HUD por aqui, e no Ubuntu para tablets ele promete ser bem mais útil. Com o HUD no tablet será possível expandir de comandos simples para tarefas mais complicadas, tudo ativado por voz. “Copiar”, “Colar”, “Apagar”, “Selecionar” e muito mais podem ser feitos não com as mãos, mas com a voz.

Multitarefa

E não apenas a multitarefa como estamos acostumados a ver nos sistema móveis atuais, mas sim a possibilidade de executar dois (ou mais, ao que tudo indica) programas ao mesmo tempo, dividindo espaço na tela. Assim, você pode ao mesmo tempo em que edita uma planilha, acompanhar na mesma tela uma video-chamada no Skype. E não pára por aí: existirá a possibilidade de arrastar conteúdo de alguns apps para outros que estejam na mesma tela. Selecione um trecho de email, arraste para um documento de texto, e pronto!
tablet-multi-tasking

Coloque no seu gadget

Ainda não há nenhum aparelho sendo vendido com o Ubuntu, mas a Canonical promete mostrar o sistema rodando no MWC, evento que ocorre em Barcelona nos dias dis 25 a 28 de fevereiro. Aos interessados em começar a fabricar tablets com o sistema, a Canonical também revelou os requisitos mínimos e recomendados de hardware:
Requisitos mínimos:
  • Processador dual-core Cortex A15
  • 2GB de memória RAM
  • 8GB de espaço em disco
  • Tela entre 7” e 10”
  • Suporte a multitoque com até quatro dedos
 
Requisitos recomendados:
  • Processador quad-core A15 ou Intel x86
  • Mínimo de 4 GB de RAM
  • Mínimo de 8 GB de espaço em disco
  • Tela entre 10” e 12”
  • Suporte a multitoque com até 10 dedos
 
Fonte: tecnoblog
Compartilhe