UE multa Microsoft em 561 milhões de euros

SÃO PAULO – Autoridades de defesa da concorrência da União Européia multaram a Microsoft em 561 milhões de euros (US$ 731 milhões) nesta quarta-feira, 6, por quebra de compromisso de oferecer aos consumidores europeus alternativas de navegador de internet.

A Microsoft havia feito a garantia em 2009, após investigação antitruste na Europa, onde o problemas regulatórios da produtora de software acontecem desde a década passada e já somam 2,16 bilhões de euros com a nova multa.

A empresa norte-americana se comprometeu a oferecer aos consumidores europeus opções de navegadores rivais na versão anterior do Windows.

Mas a Comissão Européia, que atua como regulador da competição nos 27 países membros da UE, considerou que a empresa quebrou essa resolução entre maio de 2011 e julho de 2012.

A Comissão Européia declarou levar tais compromissos muito a sério. “Compromissos assumidos legalmente em decisões antitruste têm um papel muito importante por permitir soluções rápidas para problemas de competição”, disse o comissário para defesa da concorrência, Joaquin Almunia, em comunicado. “Claro, tais decisões demandam cumprimento estrito. Uma falha em cumprir é uma infração muito grave e deve ser punida de acordo”, declarou.

Fonte: estadao

Compartilhe