iPad Mini pode ser produzido no Brasil, segundo novo certificado

Em novembro do ano passado a Anatel homologou a venda do iPad mini no país. Isso deu permissão para a Apple vender seu tablet sem problemas por aqui. Mas, por algum motivo, as vendas nunca começaram, obrigando quem queria um iPad Mini a comprar de importadoras ou lá fora. Agora, em novo certificado de homologação publicado na semana passada, descobrimos o potencial motivo da espera: o mais novo modelo de tablet da Apple poderá ser fabricado no país.

O novo certificado, disponível para visualização no site da Anatel e feito exclusivamente para incluir uma unidade fabril, lista especificamente a fábrica da Foxconn na cidade de Jundiaí como unidade que poderá montar o irmão menor do iPad de 9 polegadas. Com isso, a empresa pode contar, potencialmente, com as desonerações de impostos aplicadas pelo governo para gadgets que são montados no país – algo que deve influenciar no preço final do produto.

Curiosamente, o novo certificado contempla apenas o iPad Mini com 3G e WiFi, o modelo A1454. O modelo com WiFi apenas, A1432, tem um certificado que lista apenas a unidade da Foxconn na China como unidade fabril, ou seja, ele será importado. E considerando que eles são modelos mais baratos, faz mais sentido para a Apple importar os tablets do que montá-los aqui.

Embora a Apple Brasil não tenha admitido publicamente, a empresa já vende por aqui pelo menos dois modelos de iPhone e dois modelos de iPads montados no Brasil, ambos com “Indústria Brasileira” na parte de trás. Com o novo certificado emitido, o iPad Mini pode ser o próximo a figurar nessa lista. E isso também indica que ele pode estar chegando nas lojas em breve. Talvez até antes do seu principal rival com Android.

Fonte: tecnoblog

Compartilhe