iPhone 5S teria sido criado ainda com Steve Jobs

São Paulo – As duas próximas gerações do iPhone foram desenvolvidas ainda sob a chancela do ex-CEO e co-fundador da Apple, Steve Jobs, que faleceu em outubro de 2011. De acordo com o promotor de justiça de São Francisco (EUA), George Gascón, em entrevista ao jornal San Francisco Examiner, os aparelhos, iPhone 5S e iPhone 6, teriam sido desenhados antes mesmo do posto de CEO da Apple ter sido preenchido por Tim Cook.

Segundo o jornal, Gascón se reuniu no mês passado com Michael Foulkes, executivo da Apple responsável pelo relacionamento da empresa com o governo americano. E foi durante este encontro que Foulkes revelou ao promotor que os novos modelos de iPhone já estariam prontos.

Apesar de ser uma boa notícia para os fanboys da Apple, especialmente os adoradores da figura de Steve Jobs, a estratégia é vista como corriqueira por membros da indústria de dispositivos móveis. Conforme notado por uma fonte do jornal The Guardian, é comum que empresas trabalhem hoje no desenvolvimento de smartphones que serão lançados apenas em 2016.

Visto nos Estados Unidos como um promotor dedicado ao combate do furto de smartphones e tablets, Gascón explicou que o objetivo da reunião com a maçã era cobrar um posicionamento da empresa sobre o assunto.

Contudo, o promotor parece ter se decepcionado com as satisfações da Apple. Ainda segundo ele, Foulkes teria se concentrado mais em explicar como é longo o processo de desenvolvimento deste tipo de tecnologia que em oferecer soluções práticas.

iFurtos

Estatísticas oficiais do governo americano mostram que é cada vez maior o número de furtos de dispositivos da Apple. No final de 2012, Michael Bloomberg, prefeito de Nova York, chegou a apontar que iPads, iPhones e iPods seriam culpados pelo crescimento da criminalidade na cidade, que registrou alta de 3,3% ante 2011. “Se retirássemos os números relacionados aos furtos de produtos da Apple, estaríamos no mesmo patamar do ano anterior”, declarou Bloomberg na ocasião.

Mas a Apple não parece estar parada no tempo quando o assunto é o sistema de segurança de seus dispositivos. Recentemente, a maçã registrou patente de uma tecnologia inteligente o suficiente para compreender os possíveis movimentos realizados durante o furto de um iPhone. Ao detectar tais movimentos através do acelerômetro, o sistema acionaria, automaticamente, uma espécie de alarme. Resta saber se a mesma já está pronta para equipar os próximos dispositivos da empresa.

Fonte: exame

Compartilhe