MÓ-RREU: Mercado de PCs tem a maior queda da História

Que tablets e celulares iriam canibalizar parte do mercado dos PCs, as empresas sabiam, mas ninguém imaginou que fosse tanto, por tanto tempo. Segundo a pesquisa da Gartner, PCs sofreram queda de vendas por cinco trimestres consecutivos, sem previsão de reversão.

Comparado com o ano passado o último trimestre as vendas mundiais de PCs tiveram uma queda de 10,9% em relação ao ano anterior, mas individualmente a facada é maior ainda. A Acer apresentou queda de 35%, Asus 20,5% e até a Apple amargou 4,3% menos vendas no último trimestre.

20130711wpid-20130711photo-11072013-0917

Os fabricantes culpam o Windows 8 e os tablets baratos, mas a verdade é que só comprávamos PCs por falta de opção, para muita, muita gente um tablet é mais que suficiente, além de bem mais barato. Com isso ao invés de estourar um orçamento comprando um PC familiar, um pai de classe C ou D compra um tablet xing-ling pra cada filho, que pode brincar à vontade no chat roulette, ou seja lá o que eles façam.

Some a isso o excelente estado dos sistemas operacionais desktop, e as empresas não precisam mais trocar o parque de PCs toda hora. O Windows 8 não exigiu hardware mais poderoso, mantendo a tendência do 7. Mesmo quem atualizou o software, não tocou no hardware.

Para quem vivia de vender novos notebooks todo semestre, isso foi um golpe de morte.

Compartilhe