Página de suporte do Viber é desfigurada e base de dados dos usuários é invadida

Os últimos dias têm sido muito agitados para os setores de segurança da informação de grandes empresas ao redor do mundo. Somente nos últimos dias, vocês leram, aqui no Meio Bit, sobre o problema enfrentado pela Canonical através do fórum do Ubuntu, da queda do Developer Center da Apple, assim como do comprometimento da conta de usuários do Gmail para o envio de spam. A bola da vez é do Viber, famoso aplicativo de chamadas gratuitas e IM.

20130723viber_ataque

A página de suporte do Viber foi invadida pelo grupo Syrian Electronic Army (SEA) que, além de ter desfigurado a página, ainda conseguiu capturar “parcialmente” a base de dados dos usuários do serviço. Segundo o SEA, a empresa monitora e rastreia todos os movimentos dos usuários, como devices e IPs, e, através do Twitter, recomendou que todos os usuários excluam imediatamente o app de seus gadgets.

Fonte: Meio Bit

Compartilhe