O Android é ou não é Linux?

A resposta veio no artigo do Jon (“On Android being Linux”), que procura se afastar da mera questão de o Android satisfazer ou não o conceito de distribuição Linux, rejeita o critério de o kernel do Android ser um fork do Linux como elemento suficiente para caracterizá-lo como sendo um par das distribuições mais conhecidas do desktop, lembra a nomenclatura preferida pela FSF (na qual o Android não se enquadra, acredito) e traz a outra afirmação essencial do debate: o Android é distribuído como um ecossistema profundamente diferente do que vem com as típicas distribuições.

tux-android-for-linuxchix-la-blog1-266x300-61202

Segundo Jon, criar um sistema ao redor do kernel Linux não basta para atender às expectativas que as pessoas expressam ao falar sobre ser um usuário de Linux. O usuário espera disponibilidade de modificar qualquer parte do sistema operacional, algo que até pode ocorrer com as imagens de software distribuídas diretamente pelo Google, mas é pouco frequente com as que são incluídas na configuração default de vários fabricantes.

Fonte: BR-Linux.

Compartilhe