McAfee agora se chama Intel Security, John McAfee agradece

A Intel comprou o antivírus McAfee em 2010, no que se tornaria um dos negócios mais engraçados da história da internet.

A McAfee foi fundada no distante ano de 1987 por John McAfee, que em 1994 abandonou o negócio com 100 milhões de dólares no bolso.

20140109mcafee

Desde então McAfee tem levado uma vida excêntrica, para dizer o mínimo, que envolve acusações de assassinato e até a criação de um laboratório de pesquisa de bactérias nas selvas da América Central.

McAfee nem sempre foi o sinônimo de carroçaware que é hoje, quando é definida no Urban Dictionary como “um antivírus que torna seu computador inútil sempre que começa um update que não é possível pausar ou cancelar”.

O próprio John McAfee diz não saber o que fizeram com seu software desde que ele abandonou tudo há mais de 15 anos, já que na época funcionava muito bem. Quando soube da troca de nome, disparou: “há anos eu peço que mudem o nome ou consertem o software”.

Apesar de a Intel afirmar que a mudança de nome tem a ver com uma mudança geral na área de marcas, a existência do verbo McAfee como sinônimo de usar drogas e álcool deve ter pesado bastante na decisão.

Nesse sentido, um dos melhores vídeos do ano e provavelmente da história do Youtube mostra John McAfee “ensinando” a remover o antivírus do computador, onde ele deixa bem claro o quanto acha que o mesmo não vale nada, tudo isso regado à dorgas, mulheres insinuantes e armas. Sim, mesmo aos 68 anos ele gosta de cultivar a imagem de bad boy que criou ao longo dos anos.

Segue o vídeo:

Fonte: meiobit

Compartilhe