Mercado Livre compra empresa de serviços de frete por R$ 26 milhões

A empresa de comércio eletrônico Mercado Livre anunciou nesta terça-feira (7) a compra da empresa de serviços de frete Axado por R$ 26 milhões, em estratégia para reforçar a área de logística da companhia.

A Axado presta serviços de cálculo de frete para mais de 2.500 lojas online e conta com 580 transportadoras integradas.

“A aquisição visa ampliar os serviços da unidade de negócios de logística do Mercado Livre, Mercado Envios, que oferece tecnologia de frete e coleta de mercadorias junto a transportadoras parceiras”, afirmou o Mercado Livre em comunicado.

A compra ocorreu pouco mais de um ano depois que o Mercado Livre adquiriu a provedora de software para comércio eletrônico KPL por pelo menos R$ 50 milhões.

O Mercado Livre tem presença em 19 países da América Latina, com mais de 145 milhões de usuários cadastrados.

Fonte: Época Negócios

Compartilhe

Fundador da Beats aparece em vídeo confirmando compra pela Apple

Na noite de quinta-feira, surgiu com força o rumor de que a Apple estaria negociando a compra da Beats Electronics, empresa fundada pelo rapper Dr Dre, que produz os fones de ouvido tão famosos. Logo foi divulgado um vídeo no Facebook, no qual Dre parece confirmar o negócio ao se gabar de ser “o primeiro bilionário do hip-hop”.

cara

O vídeo foi postado na página do ator Tyrese Gibson, que reitera o valor de US$ 3,2 bilhões e solicita à Forbes, revista que tradicionalmente organiza o ranking das pessoas mais ricas do mundo, a rever sua lista, porque Dre acabou de entrar no “clube dos bilionários”.

O vídeo não confirma exatamente que a Apple concluiu a compra, mas dá a entender que, de fato, existe uma negociação prestes a gerar muito dinheiro para Dr Dre, fundador da Beats.

Para quem não acompanha o mercado de tecnologia, todas as grandes fusões e aquisições sempre são tratadas com sigilo até que elas sejam concluídas com sucesso. Por isso, você nunca vai ouvir da boca de nenhum executivo da Apple nada sobre qualquer negociação antes de ela ser finalizada.

Assim, não seria surpresa se o alto escalão da Apple ficasse muito zangado com o “vazamento” das informações. Isso também explicaria o fato de o vídeo ter sido removido do Facebook. Há, no entanto, várias cópias já circulando no YouTube. Uma delas pode ser conferida abaixo:



Fonte: Olhar Digital

Compartilhe