Netflix diz que ‘está aberta’ à possibilidade de oferecer conteúdo offline

Em setembro do ano passado, Neil Hunt, diretor de produtos da Netflix, disse que os consumidores do serviço de streaming “não têm interesse” por uma opção de download do conteúdo. No entanto, a possibilidade de oferecer filmes ou séries offline não foi totalmente descartada pela empresa.

Em um evento realizado nesta terça-feira, 19, nos Estados Unidos, o presidente da Netflix, Reed Hastings, comentou o assunto. “Nós temos nos focado tanto no ‘clicar e assistir’, na beleza e simplicidade do streaming”, afirmou o CEO. “Mas nós deveríamos manter a mente aberta quanto a [oferecer conteúdo offline].”

Segundo Hastings, o principal motivo para essa postura é o crescimento da empresa pelo mundo. Nem todos os países onde a Netflix atua ou pretende atuar possuem infraestrutura suficiente para que os usuários consumam conteúdo por streaming em alta resolução e sem travamentos de qualquer lugar. Nesses casos, a disponibilidade de certos títulos ou trechos para download seria bem-vinda.

“Conforme nós nos expandimos ao redor do mundo, para lugares onde vemos uma oferta desigual de redes, isso [conteúdo offline] é algo a respeito do qual devemos manter a mente aberta”, reafirmou o CEO.

Fonte: Olhar Digital

Compartilhe

Novos limites mínimos de velocidade da internet entram em vigor

A Anatel divulgou, nesta sexta-feira, 31, os novos limites mínimos de velocidade contratada pelos assinantes na banda larga fixa ou móvel. Mais rigorosos, os percentuais passam a valer a partir de amanhã, dia 1º.

De acordo com a nova medida, as operadoras deverão garantir, em média, 80% da velocidade contratada e 40% da velocidade na transmissão instantânea. As percentagens valem tanto para download quanto upload.

Sendo assim, se um usuário contratar um plano de 10Mbps, sua velocidade média mensal deve ser de, no mínimo, 8Mbps. Já a velocidade instantânea, isto é, aquela aferida durante uma medição, deve ser de, no mínimo, 4Mbps.

Até então, as empresas deveriam entregar 70% da velocidade na taxa de transmissão média e 30% na taxa de transmissão instantânea. Já na regra anterior, válida até novembro de 2012, os percentuais eram de 60% e 20%, respectivamente.

As taxas de internet podem ser medidas neste site recomendado pela Anatel. As operadoras que desrespeitarem a nova norma estão sujeitas a multas.

Fonte: olhar digital

Compartilhe

Disponível gratuitamente o módulo de etiquetas para a plataforma magento

A equipe Gamuza tem o prazer de disponibilizar gratuitamente a mais nova versão do módulo de etiquetas para a plataforma Magento. Com ele você tem a opção de imprimir etiquetas personalizadas em sua loja virtual e mais.

Com o módulo de etiquetas da Gamuza, você pode gerar etiquetas de forma simples e personalizada de acordo com os padrões estabelecidos pelos Correios e utilizá-las em suas encomendas. Você pode também consultar a quantidade de etiquetas disponíveis no momento de sua criação, e ter um controle do que está sendo utilizado.

Cadastre rapidamente os ranges enviados pelos Correios e obtenha automaticamente os códigos de rastreios prontos para serem utilizados em suas etiquetas com código de barras.

Imprima os seus relatórios e crie as entregas para os seus pedidos com os códigos de rastreios já atribuídos com apenas um clique. Gerencie todas as suas informações usando um painel administrativo descomplicado.

Turbine a sua loja virtual com o nosso módulo de etiquetas!

Os arquivos do módulo estão disponíveis no site do projeto. Dúvidas ou sugestões podem ser postadas no Gamuza Fórum.

Compartilhe

Download do SteamOS (beta) está disponível – sistema é baseado no Debian Wheezy

E a empresa adverte: é beta, não é produto final e nem está adequado a usuários finais. Além disso, os usuários não devem considerá-lo um substituto para seu sistema operacional desktop, já que o SteamOS é projetado e otimizado para o uso na sala de TV.

E ele não é integralmente open source, também: os componentes proprietários incluem o cliente Steam (que por default vem definido como sendo a interface com o usuário) e drivers fornecidos por terceiros. Mas os fontes do que é open source estão disponíveis.

Atualização: no momento o SteamOS só é compatível com placas gráficas NVidia. A compatibilidade com placas gráficas AMD e Intel está em andamento.

Fonte: br-linux

Compartilhe

Vapor: Distribuição SteamOS será disponibilizada para download amanhã

A Valve anunciou que os 300 exemplares das suas Steam Machines e dos seus Steam Controllers começam a ser enviados nesta sexta-feira 13 aos usuários selecionados entre os que se candidataram a participar dos testes.

Ao contrário do que anunciou originalmente, eles não foram escolhidos mundialmente, e a seleção se limitou aos que se inscreveram a partir dos EUA. A empresa informa que essa decisão foi tomada em razão de barreiras regulatórias.

Na mesma data em que começarem a ser enviados os protótipos, o SteamOS será disponibilizado para download aos usuários e empresas interessados. Mas a Valve sugere que os usuários em geral aguardem até 2014 para fazer o download de uma versão posterior, pois a que será disponibilizada agora é voltada a hackers intrépidos. (via steamcommunity.com – “Comunidade Steam :: Grupo :: Steam Universe”)

Fonte: br-linux

Compartilhe