eBay inicia operações no Brasil com site e app em português

A plataforma de comércio eletrônico e leilões online eBay anunciou o início de sua operação no Brasil, com site e aplicativos traduzidos para o português e com ofertas localizadas.

Até então os consumidores podiam realizar compras pelo website do eBay em inglês, mas não havia ofertas exclusivas para o mercado nacional, acompanhamento das entregas e pagamentos em reais.

“No final do ano passado o eBay lançou no Brasil seu primeiro app, o eBay Moda. Usamos essa plataforma como um teste para sentir a recepção do mercado nacional. Estamos há pouco mais de 9 meses nos preparando para este início de operações no Brasil”, disse Wendy Jones, vice-presidente de expansão global do eBay.

O Brasil será o primeiro país da América Latina a receber uma operação local do eBay. Para isto, em parceria com o PayPal, a empresa contará com uma equipe de 150 pessoas que será responsável pelo atendimento ao consumidor.

Para atender às demandas dos consumidores todos os pagamentos serão realizados por meio do PayPal, que pertence a mesma empresa do grupo eBay.

“Com o PayPal os consumidores podem se sentir mais tranquilos para realizar uma transação, pois trabalhamos com muitas garantias para que a experiência da compra seja a melhor possível como opções de devolução do dinheiro e dupla proteção para o consumidor”, disse Mario Mello, diretor geral da PayPal na América Latina.

Além disso, com a chegada do aplicativo de compras em português, os consumidores brasileiros também podem pesquisar e adquirir itens diretamente pelo seu dispositivo móvel — suporte para aparelhos Android, iPhone e iPad.

“Nós apostamos muito no Brasil. O país é um dos mercados de smartphone que mais cresce no mundo e se encaixa em nosso diferencial que é a venda pelo aplicativo”, afirmou Wendy.

000517-ebay

Outro destaque para as vendas no Brasil é a inclusão do país no programa de entregas global do eBay, que permite que uma compra feita no exterior seja tratada como uma transação doméstica.

Dessa forma, quando o consumidor comprar um item de algum fornecedor nos Estados Unidos que esteja inscrito no programa, o brasileiro poderá pagar em reais o custo total do produto, incluindo as taxas de importação e de entrega — ou seja, sem uma nova cobrança dos 60% referente ao imposto de importação quando o item entrar no Brasil.

“São milhões de produtos disponíveis em todo o mundo, com ofertas sólidas e muitas opções de fornecedores verificados por nós. Junto com o PayPal queremos criar uma experiência única para os consumidores brasileiros”, disse Wendy.

Segundo o eBay, por enquanto somente as compras vindas dos Estados Unidos é que serão incluídas neste programa de entregas global, que terá sua logística feita pela Fedex até a chegada ao consumidor brasileiro em um prazo de 7 a 10 dias.

A empresa não abre o valor dos investimentos no Brasil e nem a posição do país em sua lista de principais consumidores, mas segundo a executiva somente em 2013 o eBay registrou 500 mil novos usuários brasileiros no serviço — atualmente a plataforma conta com 140 milhões de contas ativas em todo o mundo.

De acordo com o eBay, os países emergentes ainda não têm uma grande representatividade entre os principais mercados da plataforma. E para mudar este cenário, a empresa pretende a partir da metade de maio investir pesado em campanhas publicitárias e em uma forte presença nas redes sociais.

“É o início da nossa expansão na região e continuaremos a utilizar o feedback dos consumidores para entregar experiências mais relevantes ao idioma e moeda local”, afirmou Wendy.

Fonte: info

Compartilhe

Veja uma foto incrível de Morgan Freeman criada com o iPad!

O iPad é um objeto de desejo que não precisa necessariamente ser utilizado apenas para tarefas básicas como navegar na internet, digitar textos ou assistir a filmes. Em resumo, talvez muita gente não conheça a arte escondida nos confins do aparelho. Não é o caso de Kyle Lambert, artista britânico que usou e abusou das ferramentas de pintura digital do tablet e, pasmem, criou verdadeiras obras atemporais de algumas figuras célebres.

Talvez você pense que a imagem acima seja uma foto de Morgan Freeman, por exemplo. Mas não: trata-se de uma pintura. Fake? De jeito nenhum! Por meio do app Procreate, Lambert gastou mais de 200 horas e deu mais de 285 mil “pinceladas” para criar a imagem, processo documentado e comprovado no vídeo abaixo:



O artista usou apenas um iPad Air, o app Procreate e um dedo para criar o impressionante retrato fotorrealista. Após o primeiro minuto do vídeo que você confere acima, as coisas começam a ficar complexas – e o talento de Lambert para domar essa dificuldade é realmente incrível.

Fonte: tecmundo
Compartilhe

Microsoft ataca iPad em comercial do Windows 8

A publicidade na terra de Obama costuma ser bem mais agressiva do que a brasileira, normalmente engessada até a medula pelo Conar e suas regras. Isso permite anúncios que dificilmente veríamos por aqui, como esse novo lançado pela Microsoft para defender a superioridade do Windows 8 em relação ao iPad.

20130710windows-8-ipad-ad

Fonte: Meio Bit

Compartilhe

iPad Mini pode ser produzido no Brasil, segundo novo certificado

Em novembro do ano passado a Anatel homologou a venda do iPad mini no país. Isso deu permissão para a Apple vender seu tablet sem problemas por aqui. Mas, por algum motivo, as vendas nunca começaram, obrigando quem queria um iPad Mini a comprar de importadoras ou lá fora. Agora, em novo certificado de homologação publicado na semana passada, descobrimos o potencial motivo da espera: o mais novo modelo de tablet da Apple poderá ser fabricado no país.

O novo certificado, disponível para visualização no site da Anatel e feito exclusivamente para incluir uma unidade fabril, lista especificamente a fábrica da Foxconn na cidade de Jundiaí como unidade que poderá montar o irmão menor do iPad de 9 polegadas. Com isso, a empresa pode contar, potencialmente, com as desonerações de impostos aplicadas pelo governo para gadgets que são montados no país – algo que deve influenciar no preço final do produto.

Curiosamente, o novo certificado contempla apenas o iPad Mini com 3G e WiFi, o modelo A1454. O modelo com WiFi apenas, A1432, tem um certificado que lista apenas a unidade da Foxconn na China como unidade fabril, ou seja, ele será importado. E considerando que eles são modelos mais baratos, faz mais sentido para a Apple importar os tablets do que montá-los aqui.

Embora a Apple Brasil não tenha admitido publicamente, a empresa já vende por aqui pelo menos dois modelos de iPhone e dois modelos de iPads montados no Brasil, ambos com “Indústria Brasileira” na parte de trás. Com o novo certificado emitido, o iPad Mini pode ser o próximo a figurar nessa lista. E isso também indica que ele pode estar chegando nas lojas em breve. Talvez até antes do seu principal rival com Android.

Fonte: tecnoblog

Compartilhe

Apple é processada por violar patente de sistema de som

Famosa por ser uma ávida defensora de sua propriedade intelectual, a Apple, hora ou outra, escorrega nesse departamento. Dessa vez, o sistema de som de seus equipamentos está sob suspeita de utilizar tecnologia descrita em patentes da THX, companhia especializada em sistemas de som criada por George Lucas. Por conta disso, a empresa está processando a Maçã por utilizar sua tecnologia de forma ilegal em iPhones, iPads e iMacs.

O problema foi percebido pela THX depois do lançamento dos novos iMacs que, de acordo com o Bloomberg, realmente possuem um sistema de som semelhante ao que a THX tem registrado em seu nome.

Até agora, não há informações sobre o andamento do processo, mas espera-se que as duas empresas consigam entrar em um acordo antes mesmo de levarem a causa até os tribunais.

Fonte: tecmundo

Compartilhe

PayPal Here lança versão para iPad e aperta concorrência com o Square

O PayPal lançou nesta semana uma versão especial do seu PayPal Here para uso em iPads. O aplicativo, que é usado em conjunto com um acessório que permite identificar cartões de crédito, já existia em uma versão mais simples, para iPhone e Android, e agora aproveita a tela maior do iPad para exibir maiores informações e incluir novas funções, como a possibilidade de escanear códigos de barra e a conexão via wireless com uma caixa registradora ou uma impressora.

A novidade é uma ótima notícia para as pequenas empresas, que agora podem ter uma forma bem simples e fácil de receber pagamentos através de dispositivos móveis – basta plugar o PayPal Here em um iPhone, Android ou (agora) em um iPad e passar o cartão pelo leitor.

Tanto o aplicativo quanto o acessório para leitura dos dados são oferecidos gratuitamente. A renda do PayPal vem através das transações – 2,7% do valor da compra para pagamentos com cartões ou contas do PayPal usando o PayPal Here ou 3,5% do preço dos produtos, juntamente com uma taxa de US$ 0,15 se o pagamento for realizado com cartões de crédito ou débito.

Com isso, o PayPal aperta a concorrência com o Square, sistema de pagamentos que tem Jack Dorsey, um dos criadores do Twitter, como CEO, e que já oferecia aplicativos específicos para Android e iOS, inclusive para o iPad.

Infelizmente, por enquanto o modelo de pagamentos do PayPal Here está disponível apenas nos EUA, Canadá, Japão, Hong Kong, Austrália e Reino Unido, mas o app só pode ser obtido através da iTunes Store norte-americana.

Fonte: tecnoblog

Compartilhe