Vazou no Brasil o vídeo de apresentação do Moto G 3ª geração

Aquele aparelho que vazou mês passado, o “XT1543”, enfim teve seu vídeo oficial de apresentação divulgado. Embora provavelmente contra a vontade da Motorola.

Trata-se do Moto G de 3ª geração, que era para ter sido apresentado oficialmente pela Motorola em evento na próxima semana. O caro Jean Prado do Tecnoblog descobriu um vídeo publicado no canal das Lojas Americanas que apresenta o novo aparelho da Motorola. Alguém da varejista percebeu que o vídeo foi a público, apagou o tal vídeo e o Jean lá deu um jeito, subindo uma cópia.

De acordo com o vídeo, o Moto G 2015 tem as seguintes especificações confirmadas:

  • tela de 5 polegadas com resolução HD;
  • processador Snapdragon 410 a 1,4 GHz (quad-core);
  • conexão 4G, com direito a versão dois chips;
  • certificação IPX7 (resistência à imersão em água doce por 30 min);
  • câmeras de 13 Mp (traseira) e 5 Mp (frontal);
  • flash (traseiro) com duplo LED;
  • versões com 8 ou 16 GB de armazenamento interno;
  • entrada para cartões micro-SD (com até 32 GB).

Segundo o Tecnoblog, o preço base do aparelho será de meros R$ 929. Na civilização, o preço é de 180 dólares.

Quase mil reais por um smartphone intermediário. Culpe a alta galopante do dólar, que atingiu hoje (23/07) o patamar de R$ 3,30. Não há incentivo fiscal que dê jeito nisso e a Motorola Brasil precisa lucrar também. Inclusive com acessórios como o novo Moto Hint, que vazou no início da semana.

Fonte: Tecnoblog

Compartilhe

Google lança Project Fi e se torna operadora de telefonia nos EUA

O Google anunciou hoje o Project Fi, seu serviço de telecomunicações, limitado aos Estados Unidos e para usuários do Nexus 6, por enquanto. Em seu blog, o Google diz que seu trabalho no Project Fi pretende fazer para as telecomunicações o mesmo que a linha Nexus de dispositivos móveis fez para o hardware de tais aparelhos.

O serviço

O objetivo do projeto é “tirar a tecnologia do caminho para que você possa se comunicar por meio de qualquer tipo de rede ou dispositivo que você estiver usando”. O serviço seleciona automaticamente a melhor rede para o usuário (que pode ser um hotspot WiFi ou uma rede LTE 4G) com base em sua localização.

Por meio de parceria com as operadoras T-Mobile e Sprint, o Project Fi oferece mais de uma opção de rede 4G, e conecta o dispositivo do usuário à que possui melhor sinal naquela situação. Segundo o Google, será possível, por exemplo, realizar uma ligação por WiFi e, ao sair do alcance daquela rede, transferir a ligação para a rede de celulares sem nenhum tempo perdido.

Além disso, o Project Fi também hospeda seu número de telefone na nuvem. Com isso, é possível acessar e utilizar plano de dados vinculado ao seu número de celular de qualquer smartphone, tablet ou computador, o que permitirá que usuários sigam usando suas linhas mesmo caso percam seus aparelhos. Ou seja: você pode usar o seu número telefônico em qualquer dispositivo compatível com o Google Hangouts.

Modelo de negócios

Atualmente, a empresa oferece um plano “modular” de serviços para seus usuários: um pacote inicial de US$ 20, que dá direito a ligações e mensagens ilimitadas, mais US$ 10 por cada Gigabyte de dados utilizados. Caso o usuário adquira um plano para 3GB de dados e use apenas 1,4GB, ele receberá de volta o valor correspondente aos dados não utilizados (no caso, US$ 16).

A restrição a apenas smartphones Nexus 6 (por enquanto), acontece porque o aparelho, desenvolvido pelo Google em parceria com a Motorola é o primeiros com o hardware e o software adequados para se adaptar ao serviço. Por ora, a empresa oferece cobertura apenas em algumas regiões dos Estados Unidos (veja aqui o mapa). É possível solicitar um convite para o programa de acesso antecipado do serviço no site do Project Fi. Veja mais sobre o serviço no vídeo abaixo (em inglês):

Fonte: Olhar Digital

Compartilhe

Moto G: Motorola vai anunciar versão de baixo custo do Moto X no dia 13

Quando a Motorola anunciou o Moto X, o CEO da empresa Dennis Woodside prometeu que tendo em vista a realidade de mercados emergente como o Brasil, cuja realidade dos planos de dados é bem diferente dos países desenvolvidos, uma versão mais barata do aparelho estaria sendo desenvolvida sob a mesma marca, fazendo com que a linha Moto de smartphones com Android o mais próximo possível da versão stock fosse disponível a diversos gostos – e bolsos.

20131104moto-g-teaser

Como o Google prefere deixar a guerra de especificações para a linha Nexus (que atualmente está na mão da LG, com exceção do Nexus 10 da Samsung), a Motorola ficou encarregada de focar mais na experiência do usuário. Isso explica o fato de que o Moto X não ser um high-end, ainda que no Brasil ele tenha tido preço de um: R$ 1.799,00 na época do lançamento, já reajustado para R$ 1,5 mil. Mas francamente, isso não surpreendeu nem um pouco.

Fonte: Meio Bit

Compartilhe

Conheça o Moto X, o smartphone personalizável da Motorola

Depois de muitos “vazamentos” e várias especulações, a Motorola finalmente lançou o seu novo smartphone Moto X, criado com um único objetivo, ser um gadget acessível e funcional para os usuários. O conceito começa pela personalização. O Moto X pode ser totalmente customizado na hora da compra. São 18 opções de cores para a capa traseira, frente em preto ou branco, e detalhes como os botões da lateral e o aro em volta da lente da câmera, com um total de 504 variações possíveis.

20130801moto_x_1

O aparelho será montado na fábrica da Motorola em Fort Worth, Texas, o que garante a agilidade na entrega dos modelos personalizados. As personalizações, que neste primeiro momento estão disponíveis apenas para clientes da AT&T, serão feitas através de um site, o Moto Maker.

Fonte: Meio Bit.

Compartilhe

Motorola lança três novos smartphones com chip de 8 núcleos

A Motorola anunciou nesta terça-feira, 23, três novos celulares nos Estados Unidos. Os aparelhos, exclusivos da operadora Verizon, são o Droid Ultra, o Droid Maxx e o Droid Mini.
20130723162551
O primeiro deles é considerado o aparelho com 4G mais fino do mercado, segundo a operadora, com 7,1 milímetros de espessura. Ele possui uma tela de 5 polegadas, exatamente como o Maxx, que conta com uma bateria especial que a Motorola afirma durar por até 48 horas.

Completando a linha está o Mini, com uma tela menor, de 4,3 polegadas, mas com especificações semelhantes.

Fonte: Olhar Digital

Compartilhe